5 passos para criar um tour virtual da obra com imagens 360˚

Veja como é possível visualizar todos os ambientes de uma construção de forma simples e totalmente digital por meio de tecnologias de captura.
Veja como é possível visualizar todos os ambientes de uma construção de forma simples e totalmente digital por meio de tecnologias de captura.
Veja como é possível visualizar todos os ambientes de uma construção de forma simples e totalmente digital por meio de tecnologias de captura.
Veja como é possível visualizar todos os ambientes de uma construção de forma simples e totalmente digital por meio de tecnologias de captura.

Escrito por Isis Gonzaga

8 de jun. de 2021

Com o avanço da tecnologia, muitas possibilidades surgiram para aprimorar as etapas da construção civil. Vimos em outro post aqui do blog, por exemplo, sobre as vantagens da tecnologia de captura e como ela está revolucionando algumas atividades do setor. Agora, queremos mostrar como o uso de câmeras 360° para acompanhamento de obra pode proporcionar uma experiência incrível para você ou para a sua empresa.

Visitar os ambientes de uma obra à distância pode ser mais simples do que você imagina. Com a funcionalidade de Tour Virtual da Construct IN, é possível caminhar pelo local de obra virtualmente, podendo visualizar cada detalhe do andamento da obra ou, simplesmente, conferir o resultado final de um empreendimento.

Quer saber como essa tecnologia é capaz de proporcionar uma visita completa e imersiva ao local de obra de uma forma prática e eficaz? Confira o passo a passo para a criação de um Tour Virtual a partir das ferramentas da Construct IN.

Passo 1: Seleção dos ambientes

Para iniciar a criação do tour virtual por formulário, é simples! Primeiramente, é necessário selecionar as plantas que serão utilizadas no processo e, a partir disso, indicar os ambientes que serão visitados. Nessa etapa, é possível escolher todos ou apenas alguns pontos, de uma ou mais plantas, para a visualização.

Passo 2: Conexão dos pontos

O segundo passo nada mais é do que desenhar o caminho que o usuário vai percorrer no tour. Dessa forma, será feita a conexão dos pontos de cada planta selecionada no primeiro passo. O próprio sistema, portanto, vai gerar um esquema com base em algoritmo que, automaticamente, seleciona as melhores conexões para cada ponto.

Embora isso facilite na hora da montagem, evitando que os pontos sejam conectados um a um, é possível desfazer o caminho montado pelo sistema e criar o próprio de forma manual. Ou ainda, utilizar o esquema gerado pelo sistema e apenas editar, retirar ou adicionar algum ponto específico.

Passo 3: Posicionamento dos pontos nas imagens reais

Quase lá! Após selecionar todos os ambientes e desenhar a rota que o usuário vai percorrer no tour virtual, é o momento para posicionar esse desenho nas imagens reais do projeto, passando por todas as imagens para a criação de um caminho físico, onde os pontos são posicionados, automaticamente, na melhor direção.

Além disso, o sistema identifica qual a data padrão do projeto, mais utilizada ou mais recente e, por isso, as plantas disponíveis e os pontos traçados no passo anterior são listados já com as datas. Apesar de poder utilizar imagens com datas diferentes, o sistema alerta ao usuário de que há essa diferença nas datas, alertando qual ambiente não está atualizado.

Com isso, o sistema funciona como um guia de ponta a ponta e em cada planta para o posicionamento das portas, ou seja, as setas onde o usuário vai clicar para realizar a troca de ambientes. O processo se repete até finalizar todos os pontos.

Passo 4 - Escolha do ângulo inicial

Essa etapa é rápida! Você só precisa selecionar o local e o ângulo da primeira imagem a ser exibida no tour virtual. Ou seja, é possível escolher onde esse percurso vai começar e qual o ângulo de visão do cliente, em qual planta, qual ponto e posição ele vai abrir inicialmente.

Passo 5 - Preview e configurações finais

Agora é só os últimos ajustes e o tour estará pronto para ser compartilhado! Aqui você pode personalizar um popup com um nome do tour e uma breve mensagem de abertura e selecionar algumas configurações adicionais como dar acesso ou não à navegação pela planta baixa, acionar uma data de expiração do link ou ainda adicionar logos da empresa contratante e da empresa cliente.

Além disso, o sistema já vai dar um preview de como vai ser a visão do cliente quando receber o link para visualização do tour. Vale lembrar ainda que todo o progresso fica salvo, permitindo que, ao fechar a aba de criação do tour, seja possível retomar de onde parou ou começar do zero.

Finalizadas todas as etapas, um link será gerado para o compartilhamento e visualização do tour virtual. O melhor é que pode ser enviado para qualquer pessoa, possibilitando que as visitas ao canteiro de obra aconteçam virtualmente e de forma muito mais prática.

Assista o vídeo para ver na prática esse passo a passo e conferir o resultado final dessa funcionalidade de tour virtual da plataforma Construct IN:

Para conhecer mais sobre a plataforma Construct IN e todas suas funcionalidades de acompanhamento remoto de obras, experimente gratuitamente aqui.

E para receber conteúdos sobre tecnologias que estão revolucionando a construção civil e notícias gerais do setor, você pode assinar a nossa newsletter.

Clique aqui para se cadastrar!