Plataforma permite a comparação entre o projeto BIM e a execução de obra em 360°

Saiba como ter mais precisão nos projetos e melhorar o gerenciamento das informações e o acompanhamento remoto de obras com o sistema da Construct IN.
Saiba como ter mais precisão nos projetos e melhorar o gerenciamento das informações e o acompanhamento remoto de obras com o sistema da Construct IN.
Saiba como ter mais precisão nos projetos e melhorar o gerenciamento das informações e o acompanhamento remoto de obras com o sistema da Construct IN.
Saiba como ter mais precisão nos projetos e melhorar o gerenciamento das informações e o acompanhamento remoto de obras com o sistema da Construct IN.

Escrito por Isis Gonzaga

27 de mai. de 2021

Nos últimos anos, o Building Information Modeling (BIM) tem sido uma metodologia essencial para a transformação digital na indústria da construção. Apesar de ser mais desenvolvido em países como Estados Unidos, Canadá e outros da Europa, o BIM vem ganhando cada vez mais visibilidade entre os países da América Latina.

Além de ter aumentado o investimento em plataformas e profissionais especializados nessa tecnologia, alguns lugares do mundo já vêm apostando em planos e estratégias que buscam tornar o uso do modelo BIM obrigatório em projetos específicos e, futuramente, de forma integral. No Reino Unido, por exemplo, a obrigatoriedade do BIM já está implementada para todos os projetos públicos.

No Brasil, o processo acontece de forma mais lenta, mas já é possível observar um incentivo mais significativo em relação à essa prática. De acordo com o decreto nº 10.306, de 2 de abril de 2020, a implementação do BIM no país ocorre de forma gradual, em que a primeira das três fases do projeto entrou em vigor no início de 2021.

Mas afinal, o que é BIM e qual a sua importância para a indústria da construção? Confira alguns fatores que tornam essa metodologia primordial nos dias de hoje e os motivos para aplicá-la nos projetos de arquitetura e engenharia.

Por que apostar na metodologia BIM?

O sistema BIM, também conhecido em português como Modelo da Informação da Construção, consiste em um conjunto de informações geradas de uma edificação que permite criar simulações digitais e modelos 3D.

A tecnologia permite ainda a integração dos dados e que estes sejam compartilhados durante o ciclo de vida de um projeto.

Além de ser uma metodologia muito mais moderna e eficaz para elaboração e compatibilização de projetos, esse modelo traz uma precisão maior dos detalhes e torna as construções mais inteligentes.

Apesar de ser fundamental para o planejamento de obras, o objetivo é que esse modelo seja cada vez mais levado ao canteiro de obra, visto que a simulação da realidade pode ir ao encontro das necessidades do campo e às atividades de execução.

Com isso, essa tecnologia é capaz de proporcionar uma visualização melhor e uma experiência mais completa, facilitando a compreensão dos projetos também na hora de executar um empreendimento.

A seguir, vamos mostrar como a plataforma Construct IN, especializada no acompanhamento de obras por meio de imagens 360°, utiliza essa metodologia integrada ao seu sistema com o objetivo de aproximar o que foi projetado com o que está sendo executado no canteiro de obras.

Integração do BIM na plataforma Construct IN

Atualmente, a Construct IN trabalha com duas integrações da Autodesk, uma das principais distribuidoras de software para construção civil e outras engenharias. Tem, portanto, a integração por plug in, uma funcionalidade extra para um programa de desenvolvimento de projetos, e também o uso do Forge.

Uma das principais dificuldades da construção é levar o modelo BIM ao canteiro de obras. Diante disso, a integração com o Forge tem como principal funcionalidade possibilitar aos profissionais da obra que acessem essas informações sem a necessidade de um computador dedicado e licenças pagas de softwares.

Dessa forma, é possível visualizar como o projeto foi elaborado diretamente pelo navegador da internet.

E como funciona? O cadastramento destes modelos na Construct IN é feito através dos próprios softwares que os projetos são elaborados e, a partir de um plug in, é possível enviar o modelo direto para o projeto do sistema.

Nessa etapa, já podem ser identificados os pontos de capturas de onde serão tiradas as fotos da obra. Assista o vídeo para entender melhor.


O Forge, portanto, funciona como um facilitador de visualização, pois quebra barreiras e mostra o que é importante para o pessoal da obra, possibilitando ver o que foi projetado em modelagem 3D.

Além disso, oferece as vantagens do BIM como tirar medidas de um ponto ao outro, ver as informações dos elementos, sobre as armaduras, tipo de material, volume, altura, enfim, todas as informações que estão no modelo ficam disponíveis para o usuário visualizar no próprio sistema Construct IN.


Vantagens do BIM na gestão de obras

O BIM já se tornou um recurso essencial para a elaboração de projetos e o acompanhamento da construção. Mas você já imaginou poder compará-lo lado a lado com a execução?

Um dos principais benefícios da plataforma com essa integração é poder visualizar o projeto em 3D alinhado à fotos em 360° da obra. Dessa forma, o sistema da Construct IN apresenta o modelo BIM ao lado das imagens 360° do canteiro de obras, possibilitando a comparação visual entre o projeto e o que está sendo executado.

Além disso, é possível que o projeto em 3D seja acessado por todos profissionais envolvidos, sem a necessidade de computadores ou softwares específicos. Essa integração do modelo BIM com o canteiro de obras permite ainda a elaboração de cortes e tomada de medidas, facilitando a interpretação das plantas e melhorando o fluxo de trabalho.

Com isso, o uso do BIM de maneira integrada na plataforma pode otimizar os processos de gerenciamento das informações de obra, sendo capaz de potencializar o acompanhamento remoto das etapas de execução de forma alinhada com o projeto.

De uma maneira geral, os principais benefícios que essa tecnologia oferece são:

  • Melhor visualização dos elementos do projeto;

  • Utilização de um banco de dados único;

  • Estimativas de custos mais precisas;

  • Melhor planejamento e execução da obra;

  • Facilidade na realização de alterações;

  • Integração dos documentos de cada etapa do projeto;

  • Auxílio na antecipação de erros;

  • Informações mais precisas para tomada de decisão.

Pode-se dizer que esse recurso permite que os engenheiros e toda equipe envolvida nos processos aumentem a precisão dos projetos e melhorem a produtividade. Assim, dando muito mais segurança para a obra, aumentando sua eficiência e melhorando o gerenciamento da construção.

Para mais conteúdos sobre tecnologias que estão revolucionando a construção civil e notícias gerais do setor, assine a nossa newsletter.

Clique aqui para se cadastrar gratuitamente!